Cobranças indevidas

Algumas empresas do segmento de Registro de Marcas e Patentes estão emitindo indevidamente boletos de cobrança para pessoas físicas e jurídicas que acabam de depositar sua marca ou patente perante o INPI, na tentativa de aplicar um verdadeiro “golpe”.

61a6a7_0785b03bbc5f462abd5a9ee67478be18Dicas para não cair no Falso Golpe do Boleto

1. Entenda como funciona o processo no INPI
Para registrar sua marca, é necessário fazer uma solicitação ao INPI, dando origem a um processo administrativo, que leva em média 3 anos para ser concluído.

2. Os funcionários do INPI não entram em contato com você
Todas as novidades sobre seu processo de marca são publicadas na Revista da Propriedade Industrial – RPI e é obrigação do usuário lê-las semanalmente.

3. O INPI não cobra para publicar despacho
Todas as novidades sobre seu processo de marca são publicadas na Revista da Propriedade Industrial – RPI, acessível ao público de forma gratuita. 5. Não pague taxa para “agilizar o processo”Mais uma abordagem indevida é quando o escritório cobra uma taxa de “agilização do processo” no INPI. Esse tipo de serviços não existe.